A economia das mulheres e a transformação das coisas e das vidas

Nesta semana, em Ponta do Mel, o projeto “Redesenhando a Vida, transformando o semiárido”, executado pelo Centro Feminista e co-financiado pela União Europeia, realizou uma oficina de construção de tela reutilizando garrafa peti. A oficina foi facilitada por Tatiana Muniz, integrante do projeto Geração Solidária, que também tem parceria com o Centro. O procedimento da…

Os bons frutos do redesenhar da vida das mulheres

       Na quinta, 9 e, sexta, 10, em visita de monitoramento do Projeto “Mulheres redesenhando a vida, transformando o semiárido”, executado pelo Centro Feminista e co-financiado pela União Europeia, Cristina Araújo, Gestora Operacional, fez o reconhecimento das ações realizadas, encontrou com beneficiárias e parcerias, movimentos e organizações, monitorou e encaminhou sugestões para melhor alcance…

Sementes de vida e organização das mulheres

A produção agroecológica promove a biodiversidade, a soberania alimentar, saúde e renda pro campo e pra cidade, e a auto organização das mulheres garante que a agroecologia possa se multiplicar. Assim acontece com o projeto de plantação do milho crioulo. Uma experiência para alimentar o fazer agroecológico, cultivar a vida e fortalecer a auto organização…

Da escola ao quintal, do quintal à escola: estudantes e agricultoras pensando e construindo a convivência com o semiárido

Através do projeto de Sistema de Vínculos da ActionAid, o Centro Feminista realizou um intercâmbio entre adolescentes da Escola Municipal Maria Gorete, da cidade de Upanema, à comunidade de Monte Alegre, zona rural do município, para conhecer a experiência do reuso de água, ideia que estudantes e professores desejam colocar em prática para gerir melhor…