Do quintal à escola: atividades do projeto são desenvolvidas de forma virtual

reunião com a escola Maria queiroz

Dando continuidade às atividades do projeto “Do quintal à escola”, o Centro Feminista 8 de Março realizou, durante o mês de julho, reuniões virtuais com estudantes das escolas estaduais Maria Queiroz (Natal), Antônio Basílio (Parnamirim) e Arcelina Fernandes (Macaíba) para apresentar o projeto à comunidade estudantil das unidades que serão beneficiadas com o mesmo. As atividades tiveram a participação de educadores e coordenadores das unidades. 

O projeto irá se desenvolver em duas linhas: uma de reuso de água cinza através da tecnologia social água viva e outra de utilização do teatro do oprimido. As atividades contaram com representantes dos grêmios e líderes estudantis.

Além da apresentação, os encontros virtuais também possibilitaram o diálogo com os estudantes sobre como está sendo o período da pandemia, as mudanças na rotina, os desafios e adaptações, as dificuldades em casa em relação à renda e acesso à internet. Também foram discutidas questões relacionadas ao conservadorismo, feminismo, raça, classe e diversidade religiosa. 

Mesmo com dificuldades de acesso à internet, os estudantes se empolgaram com a ideia de desenvolver algumas atividades de forma virtual, dentro das condições de cada escola, para trabalhar os aspectos das discussões temáticas do projeto. A ideia é que os encontros virtuais sejam realizados quinzenalmente. A equipe do Centro Feminista também está avaliando a possibilidade de fazer visitas técnicas às unidades no mês de agosto.

“Vamos dar continuidade ao que for possível ser feito virtualmente, como as oficinas de teatro e as reuniões de articulação para apresentar as temáticas da agroecologia, da água, das hortas. A partir do dia 29 começaremos uma nova rodada de atividades com essas escolas, vamos fazer uma agenda de execução, planejar as atividades virtuais, pensar onde serão construídas as hortas”, comenta Adriana Vieira, da equipe técnica do CF8. 

O projeto “Do quintal à escola” é executado pelo Centro Feminista 8 de Março em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do Rio Grande do Norte, com o financiamento da Fundação Banco do Brasil e o apoio da União Europeia. 

reunião com a escola Antonio Basílio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s