Conferência Municipal de Mulheres de Mossoró acontece amanhã no auditório da Faculdade de Medicina

novo-cartaz-conferencia-mossoro

Nesta quinta-feira, 24 de setembro, será realizada a Conferência Municipal de Políticas para as mulheres de Mossoró. A atividade irá acontecer a partir das 8h da manhã, no auditório da Faculdade de Medicina da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN. A atividade foi convocada pela sociedade civil e será realizada pela Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do RN (SPM/RN) com o apoio do Centro Feminista 8 de Março, a FETARN, a Marcha Mundial das Mulheres do RN, a Rede Xique-Xique, o INCRA e o Núcleo de Desenvolvimento Territorial (NEDET), Grupo Mulheres em Ação, Fórum de Mulheres com Deficiência de Mossoró, Coordenação Geral de Ação Afirmativa, Diversidade e Inclusão Social – CAADIS.

A Conferência tem como objetivo avaliar e fortalecer as políticas para as mulheres do município. Com o tema “Mais direitos, participação e poder para as mulheres”, esse encontro irá debater assuntos como a participação das mulheres nos conselhos, educação, segurança, enfrentamento à violência, saúde, sistema político e participação das mulheres, avanços e desafios das políticas públicas para as mulheres e recomendações para o sistema nacional de políticas para as mulheres.

As etapas municipais e territoriais da IV Conferência de Políticas para as Mulheres são fundamentais para garantir a amplitude do debate as políticas públicas voltadas para as mulheres de cada região, respeitando assim, suas necessidades e particularidades. Estas conferências antecedem a Estadual, que será realizada entre os dias 25 e 27 de novembro; e a IV Conferência Nacional, que será realizada entre os dias 15 e 18 de março de 2016.

Adriana Vieira, técnica do Centro Feminista 8 de Março, explica que “as conferências são um processo de diálogo com o poder público a partir de um documento, é uma forma de sistematizar o que vivemos todos os dias e para que possamos cobrar do poder público que se transformem em políticas públicas de Estado, porque sendo políticas de Estado e não só uma política de governo, independentemente do governo que venha a assumir após o atual terá que cumprir essas políticas sem alterá-las. Como ainda vivemos em uma sociedade desigual e conservadora, garantir essas políticas públicas de Estado faz com que as mulheres tenham uma segurança independente do governo que venha a assumir”.

Programação:

8:00hs – Credenciamento

9:00hs – Mesa de abertura

9:45hs – Leitura e aprovação do regimento interno

10:00hs – Mesa temática: Mais direitos, mas participação e poder para as mulheres

11:00hs – Trabalhos em grupo por eixo temático

14:30hs – Apresentação dos trabalhos de grupo

15:30hs – Eleição das delegadas

16:00hs – Encerramento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s