Marcha Mundial das Mulheres no encontro anual de E-Changer/Comundo Brasil

FB_IMG_1462389589959

Ao lado do Morro do Careca, em Ponta Negra, Natal, RN, entre os dias 2 e 6 de maio, coperatores, coperatoras e movimentos parceiros de E-Changer/COMUNDO estiveram reunidos no Centro de Treinamento João Paulo II com o objetivo de avaliar a parceria de cooperação internacional e pensar a continuidade de fortalecimento das lutas dos movimentos populares no Brasil.

No encontro anual de E-Changer/COMUNDO a Marcha Mundial das Mulheres esteve junto ao Serviço e cooperação com o povo Yanomami – Secoya; Sociedade Maranhense de Direitos Humanos; Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica (CAV); União Nacional dos Movimentos de Moradia; Central de Movimentos Populares e Instituto de Permacultura em terras secas (IpeTerras).

É fato que o Brasil, hoje, sofre um golpe anti-democrático de cunho jurídico e apoiado pela mídia de massas. Jurema Constancio, da União Nacional dos Movimentos de Moradia, faz a denúncia de perseguição aos partidos e movimentos sociais e afirma que “viveremos outros tempos. A luta começa agora”.

Os mais de 20 anos de E-Changer/COMUNDO no Brasil acumularam diversas experiências, saberes, lutas e transformações de realidades: “produzimos valores culturais e uma metodologia política que será importante para enfrentar os tempos de crise e para a construção de uma nova sociedade”, é o que diz Djalma Costa sobre os frutos da parceria que terá seus contratos encerrados em Setembro deste ano.

À inquietação lançada no debate,  coperatoras, coperatores e parceiros responderam com prontidão através da fala de Eduardo Cardoso, da Central de Movimentos Populares, “precisamos construir um projeto popular através de novas metodologias, estimular novas lideranças políticas e potencializar uma comunicação que fortaleça o diálogo com o povo”. Desafios postos para os próximos períodos

Após debates, coperatores e coperatoras seguiram o encontro, na quinta-feira, com visitas de duas experiências distintas de organização de luta e diálogo com o povo na cidade de Natal.

IMG_20160505_111948210_HDR

A primeira visita se deu na ocupação Padre Sabino Gentille, no bairro da Ribeira. Organizada pelo Movimento de Luta nos Bairros, Ruas e Favelas, MLB, associada à Central de Movimentos Populares, a ocupação de um terreno abandonado pelo poder público municipal serve de moradia improvisada, em barracos de 5×5, para mais de 130 famílias que não têm condições de pagar aluguel.

Sobre o processo da luta por moradia, Marcos, uma das lideranças do movimento, explicou: “a gente vai conversando com as pessoas da comunidade, chama pra luta, ocupa e organiza. Não é simples. Muita gente desiste, mas a gente tem um objetivo que é conquistar uma moradia. Aí a gente precisa fazer pressão para sermos vistos e atendidos pelos poderes públicos”.

IMG_20160505_155943677_HDR

Na parte da tarde, a visita ocorreu na casa de Graça Leal, moradora da Vila de Ponta Negra, que reúne especialmente mulheres da Vila numa vivência de ajuda mútua de solidariedade através da organização da Feira de Economia Solidária. Graça conta um pouco de sua história de lutas ao longo da vida e como se dá a atuação dela e do grupo dentro da Vila. Mostrando uma forma totalmente diferente de organização em comparação à primeira visita, Graça também contagia os coperatores e coperatoras para a dimensão humana da mobilização popular. Adriana Vieira, representando a Marcha Mundial das Mulheres, explicou que: “este momento nos mostra como, através da auto-organização, as mulheres da Vila conquistam autoestima e melhorias de vida com um projeto coletivo e solidário”.

As visitas geraram muitas reflexões sobre as metodologias e estruturas para a organização das bases, deixando uma certeza expressa na fala de Silvio: “quando a luta se faz com amor, vale a pena”. Ao que Adriana reforçou: “a importância desta cooperação internacional é que o movimento por outro mundo possível se fortalece e a luta se mantém viva até que todas e todos sejamos livres”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s